Endomarketing: veja o que ele pode fazer por sua empresa

Por Combogó - 15 de abril de 2018

O endomarketing já há algum tempo tem sido adotado por diversas empresas na soma dos esforços de comunicação e marketing para alcançar resultados. Cada vez mais, acreditar no potencial dos colaboradores é uma forma de impulsionar a empresa em seus objetivos de mercado.

É preciso sempre esclarecer o que é o endomarketing e qual o seu papel no desenvolvimento institucional de uma corporação. Ele não pode ser reduzido a um acessório da comunicação institucional tampouco ser confundido com autoajuda no ambiente empresarial.

Vamos explorar um pouco mais os conhecimentos desse importante instrumento de desenvolvimento pessoal e corporativo. Acompanhe-nos na leitura!

Endomarketing não é só motivação

Colaboradores trabalhando felizes e motivados. Talvez essa seja a primeira imagem quando se menciona os efeitos das ações de endomarketing. É um pouco mais do que isso.

Ele pode ser definido como o conjunto de ações de marketing institucional voltado para o público interno da empresa. Ou seja, significa envolver os colaboradores em todos os aspectos estratégicos da corporação para gerar um espiral ascendente de engajamento com foco nos resultados.

O público interno é percebido como estratégico para o desenvolvimento institucional da companhia. Os colaboradores são os mais cientes dos objetivos e processos internos, por isso podem ser convertidos em embaixadores da marca, portanto difundindo todo o seu discurso em sua rede de contatos e trabalhando para perseguir as metas traçadas.

São as ações de endomarketing que captam esse potencial e o direciona para gerar o engajamento. Tudo isso diluído nas ações cotidianas de trabalho, valendo-se da presença das pessoas e do ambiente empresarial como palco das ações.

Vantagens do endomarketing

Muitas vezes confundido com a comunicação interna, o endomarketing reúne uma gama de ações de marketing institucional capaz de gerar benefícios específicos para a empresa.

A ideia é que é preciso conquistar o público interno para depois conquistar o externo. Por isso, diversas ações integradoras são promovidas no intuito de fazer do endomarketing uma ferramenta estratégica. Vejamos algumas vantagens que elas podem trazer.

  • Engajamento do pessoal – o sentido é o da participação ativa, muito mais do que a presença no trabalho. Funcionários engajados tomam para si os objetivos da empresa e os perseguem com determinação;
  • Ambiente leve – pessoas motivadas e engajadas costuma trabalhar em ritmo similar, e a clareza dos objetivos a serem alcançados cria sinergia entre as pessoas, diminuindo conflitos. Qualidade no ambiente de trabalho é o caminho para a produtividade.
  • Lealdade – se os processos internos são claros, os colaboradores sabem para onde devem direcionar seus esforços e caminhar juntamente com a empresa, compreendendo que o sucesso dela é também seu desenvolvimento profissional. O resultado é um funcionário leal e primeiro defensor da empresa em qualquer circunstância.
  • Diminuição de turnover – a força de trabalho de uma empresa é um dos seus patrimônios. Perdê-la pode significar abrir mão de anos de treinamento, conhecimento interno e talentos de difícil substituição. Programas de endomarketing ajudam a diminuir a rotatividade do quadro de funcionários de forma bem eficiente.

Um programa amplo de endomarketing, claro, pode identificar outras falhas e agir para saná-las. Para tanto, são necessárias análises internas, estudos e investimento contínuo no ambiente interno de trabalho.

Investir no marketing institucional interno é transformar os colaboradores nos primeiros “compradores” do produto da empresa, que o fazem por meio de um trabalho engajado e um discurso de orgulho e pertencimento.

Ainda tem alguma dúvida sobre endomarketing? Junte-se a nós nessa discussão deixando um comentário abaixo.

Comentários

Comentários