Inbound Marketing: por que você deve investir

Por Combogó - 12 de fevereiro de 2019

Estamos no século XXI e é notório que vivemos uma era de transformação. Podemos ver revoluções acontecendo a todo momento no varejo, nas transações comerciais, na política e nos negócios em geral.

É claro que a comunicação mercadológica não está de fora de todo esse processo. Ao contrário. Muitas vezes as mudanças nessa área são indutoras de muitas outras.

Não se faz mais marketing como antigamente. Explicando melhor: não é possível usar apenas as ferramentas tradicionais para divulgar os seus produtos e serviços de forma invasiva e massiva. Essa relação se mostra esgotada e novas formas mais eficazes surgem. Estamos falando do inbound marketing.

Preparamos esse artigo para você entender melhor o que é o inbound marketing e o porquê de investir nessa área da comunicação a fim de encontrar resultados mais eficazes. É preciso entender o que o inbound pode fazer pela sua empresa.

Tudo começou com o marketing digital

Não é novidade dizer que a internet trouxe novas formas de relacionamento e interação para a sociedade. Mas essas mudanças aconteceram em várias fases.

No início, o marketing digital se limitava a reproduzir online o formato comercial do mundo aqui fora. Ou seja, vender espaços de publicidade nas versões de banner e anúncios nas páginas mais visitadas. Quase uma espécie de outdoor virtual.

Logo, as ferramentas promovidas pelo universo digital se sofisticaram, aperfeiçoando-se as formas de relacionamento a partir das mídias sociais e novos motores de buscas.

Tudo isso favoreceu o surgimento do inbound marketing, que nada mais é que um meio de atrair os clientes de forma natural, uma vez que ele busca instintivamente a rede para resolver seus problemas. Diferente do marketing tradicional, invasivo e até agressivo, o inbound marketing usa de diversas estratégias para que o cliente chegue até o seu negocio motivado para a compra.

Muitas ferramentas ao seu dispor

Um ponto forte de transformação no universo digital foi o desenvolvimento acelerado de inúmeras ferramentas que possibilitam maior vivência no ambiente virtual.

Se antes estávamos atrelados apenas a e-mails e blogs, hoje temos disponíveis, além das mídias sociais, podcasts, vídeos, e-books, áudios, pesquisas, infográficos e muitos outros formatos.

À medida que a tecnologia se aperfeiçoa, o marketing encontra meios de utilizar essas ferramentas de forma a otimizar seu potencial e oferecer resultados precisos para as marcas. Saiba que cada uma dessas pode representar um caminho diferente para seu cliente chegar até sua empresa.

Quem traça as melhores estratégias com todo esse ferramental é, justamente, um trabalho bem feito de inbound marketing através da criação de um conteúdo relevante e cativante.

É preciso lembrar que essas ferramentas são apenas superfícies vazias se não preenchidas com um valor informacional útil, atrativo e valioso.

Por que usar inbound marketing

O inbound marketing entende a jornada que o consumidor percorre na rede, desde a sua busca inicial até o momento final da compra.

Através de pesquisa, da construção de uma persona bem estruturada, é possível identificar os anseios do seu público, como ele busca resolvê-los no ambiente digital e, assim, oferecer as melhores soluções de forma autêntica e consistente.

Ao oferecer um conteúdo rico, que realmente seja relevante, seu cliente desenvolve uma relação de confiança com a sua empresa e lançará as bases para uma política de relacionamento duradoura.

O inbound marketing dispõe de inúmeras estratégias que garantem que sua empresa será achada no vasto mundo digital e seus potenciais clientes serão convertidos em consumidores e posteriormente em clientes fiéis e satisfeitos.

Técnicas de SEO (Search Engine Optimization), SEM (Search Engine Marketing) e um conteúdo forte, direcionado para as dores do seu público, são as bases do inbound marketing para que sua empresa seja encontrada pelos motores de buscas do Google e seus clientes venham até sua empresa para fechar negócios de sucesso.

Se você gostou desse artigo e gostaria de ler mais, assine a nossa newsletter e receba periodicamente nosso conteúdo no seu e-mail.

Comentários

Comentários